menu
Partilhar

Como criar uma startup

 
Por Redação umCOMO. 24 setembro 2021
Como criar uma startup

A criação de novas empresas é possível graças aos empresários. O crescimento do empreendedorismo tem sido notável na última década: uma ideia comercial é realizada como uma alternativa de emprego viável com um futuro promissor. Neste sentido, o modelo inicial é muito solicitado e está se tornando cada vez mais popular tanto social quanto economicamente.

Uma empresa jovem que está começando a se desenvolver pode ser considerada uma startup. Normalmente tem uma forte ligação com o setor tecnológico: a Internet e as novas tecnologias são o cenário em que este tipo de empresa cresce, busca financiamento e oportunidades de negócios. Descubra como criar uma startup e mais detalhes sobre este modelo de negócios lendo este artigo do umCOMO.

Também lhe pode interessar: Como montar um berçário

Definir uma ideia de negócio

Como montar uma startup? A primeira coisa que você precisa definir é uma ideia de negócio que seja o mais sólida possível. Este é o principal fator que colocará a empresa no caminho do sucesso, mas não é fácil transformar uma simples ideia em um conceito comercial real. Para conseguir isso, é essencial especificar as seguintes questões:

  • Produto vendido ou serviço oferecido.
  • Elemento diferencial do produto em relação à concorrência.
  • Público-alvo para o produto ou serviço.
  • Razões pelas quais os clientes comprariam o produto ou contratariam o serviço.
  • Empresas concorrentes.

A criação de uma empresa a partir do zero exige que você seja muito claro sobre o conceito comercial, portanto é essencial determiná-lo claramente antes de continuar com o processo.

Recomendamos que você leia este outro artigo sobre Como fazer um plano de negócios.

Estudo de mercado

Depois de decidir sobre uma das diferentes ideias de inicialização, é necessário realizar uma pesquisa de mercado com especialistas na área. A análise requer uma avaliação qualitativa e quantitativa do próprio mercado, analisando assim seu tamanho, valor e volume.

Outros fatores determinantes no estudo são os padrões de compra, segmentos de clientes, todos os concorrentes e outros atores influentes. No final da pesquisa de mercado, você saberá o que você tem como empresa e o que está enfrentando. Você reconhecerá os valores e os pontos fortes de sua empresa inicial com um objetivo comercial bem definido.

Aqui estão algumas dicas sobre Como fazer uma segmentação de mercado.

Realizar uma proposta de valor

Uma vez claro o que é uma startup, você pode seguir todos os passos para criá-la. Neste processo, a proposta de valor é muito importante, ou seja, o fator diferenciador da empresa que a torna melhor do que a concorrência no mesmo setor.

Para o cliente, a proposta de valor é fundamental para decidir qual produto comprar ou qual serviço contratar. É o elemento que marca toda a estratégia comercial da empresa.

Segmento delimitado de clientes

Criar uma startup sem dinheiro está ao alcance de poucos empresários. Sempre requer um investimento inicial, seja da pessoa que apresenta a ideia comercial ou de um sócio. Também é importante abordar um público-alvo específico a fim de oferecer o produto ou serviço corretamente.

A estratégia comercial precisa de uma clara delimitação de seus clientes. A definição do público inicial ajuda a criar a mensagem para atrair os consumidores, depois de estudar e pesquisar o mercado em detalhes.

Construção da marca

Qualquer empresa, seja ela jovem ou mais antiga, precisa construir um modelo de negócios ligado a uma marca. Esta é uma das chaves mais importantes para responder à questão de como criar uma startup bem sucedida.

No caso de startups, eles competem em um mercado muito complicado com marcas grandes, médias e pequenas. Para conquistar uma posição no mercado, eles devem explorar a própria identidade da empresa com transparência. A marca é definida pela percepção do consumidor, por isso é necessário estabelecer uma política concreta de trabalho, reflexão, estudo e visibilidade da posta em marcha.

Aqui estão algumas dicas sobre como escolher o nome da minha empresa.

Formação de uma ótima equipe

Outro aspecto a ser considerado ao montar uma startup é a equipe de trabalho disponível. Rodear-se dos melhores profissionais, tanto em termos de conhecimento como de dedicação, facilitará a gestão da empresa em seus estágios iniciais.

A confiança entre os funcionários e a lealdade à ideia do negócio facilitam a construção de uma equipe unida e consolidada com um futuro brilhante.

Desenvolvimento do Produto Mínimo Viável

O que é Produto Mínimo Viável? Ele é o primeiro projeto de trabalho da startup. É um conceito intimamente ligado a novas empresas e, para alcançá-lo, uma série de protocolos deve ser cumprida. Desta forma, o Produto Mínimo Viável é alcançado em menos tempo e com todas as garantias.

Com base neste produto, são estimados o tempo, os custos e a adequação ao público-alvo. O Produto Mínimo Viável é um passo essencial para descobrir como criar uma startup com futuro.

Validação do modelo de negócio

Uma das chaves quando você se pergunta como criar uma startup passo é validar o modelo de negócios. Ao validar corretamente as diferentes hipóteses em que a empresa se baseia, evita-se um alto risco de construir o negócio com falsas percepções.

Neste sentido, o objetivo é projetar várias experiências que sirvam para validar canais de captação e um modelo comercial viável. Estes testes forçarão você a fazer algumas mudanças no modelo a fim de ajustá-lo.

Estabelecer necessidades de financiamento

Encontrar financiamento para uma startup não é fácil, mas é possível. Para iniciar o projeto comercial, você pode levantar dinheiro através de uma das seguintes fórmulas:

  • Capital semente: este é o financiamento inicial, baseado no conhecimento e na confiança dos empresários, com atores como membros da família ou um ambiente próximo.
  • Empréstimos bancários: a obtenção de um empréstimo bancário é difícil. Para conseguir, é necessário ter um plano de negócios viável com resultados muito positivos.
  • Investidor-anjo: com base em investidores privados, ou seja, o financiamento posterior ao início da startup. Com um estudo detalhado dos números iniciais do negócio, você terá a melhor apresentação para obter um investimento deste tipo.
  • Crowdfunding: esta é uma das formas mais eficazes de financiamento para startups. Trata-se de um financiamento coletivo pela Internet através de plataformas de crowdfunding que oferecem um espaço onde os projetos e suas respectivas necessidades são acrescentadas. Os usuários são aqueles que fornecem o capital que torna possível a realização desses projetos.

Neste outro artigo você poderá ver como começar um negócio com pouco capital.

Networking e sócios-chave

Considera-se o networking como um fator essencial para o desenvolvimento de negócios. Em termos de uma startup, ele se torna um recurso essencial, pois oferece grandes oportunidades.

O networking define uma ideia e um espaço com a oportunidade de conhecer profissionais, novos contatos e mais oportunidades de negócios.

Visibilidade e atração de investidores

Eventos, conferências e treinamentos servem para contribuir para o networking. Qualquer lugar e hora são adequados para este tipo de tarefa, para divulgar um modelo de negócio, atrair novos investidores e dar mais visibilidade ao serviço, produto ou marca da startup.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como criar uma startup, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como criar uma startup
Como criar uma startup

Voltar ao topo da página