Partilhar

Como montar uma funerária

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como montar uma funerária

Apesar de ser um negócio que poucas pessoas querem, montar uma funerária pode ser extremamente lucrativo. No Brasil, a concorrência é muito baixa: para mais de 150 milhões de habitantes, existem apenas 5 mil funerárias registradas. Se você está considerando iniciar esse negócio, fique sabendo que existem vários aspetos sobre os quais deve se informar. Existem normas legais e protocolos essenciais para que o seu negócio possa avançar, e você é responsável por garantir que tudo está em conformidade. Além disso, é fundamental lidar com os corpos dos falecidos e com os seus familiares de forma correta para garantir que o negócio prospera. Para saber como montar uma funerária de sucesso, continue lendo esse artigo do umComo.

Também lhe pode interessar: Como montar um food truck

Documentação

O primeiro passo para montar uma funerária é tratar da documentação necessária. Assim como qualquer outra empresa, a funerária requer alguma burocracia, sendo necessário abrir uma firma, solicitar autorização perante a prefeitura e solicitar um CNPJ.

Como os clientes podem desejar pagar com cartão de crédito, você necessita de ter a empresa aberta e ter solicitado um talão de nota fiscal de venda.

A parte legal de uma funerária possui normas e leis específicas referentes à higienização. Os corpos dos falecidos podem atrair animais e bactérias, sendo necessária uma autorização especial da Vigilância Sanitária que informará o negociante das normas a seguir antes de fazer a vistoria. As normas funcionam a nível nacional e o seu incumprimento implica graves multas ou o encerramento do estabelecimento.

Em alguns estados/cidades a principal norma dita que a funerária deve estar a, pelo menos, 5 km de distância de habitações. Caso o corpo do falecido tenha sido contaminado com químicos que prejudiquem a saúde humana, eles não devem ser levados para uma casa funerária ou tocados de qualquer forma.

Como montar uma funerária - Documentação

Serviços

Cabe a uma funerária tratar da maior parte de um enterro. Isso facolita o trabalho de quem está sofrendo a perda de alguém querido, de aumentar o valor do trabalho da funerária e o lucro. Todos os serviços são cobrados.

Os serviços de um funerária incluem:

  • Transporte do corpo para a funerária;
  • Preparação do corpo;
  • Colocação do corpo em caixão;
  • Contato com o cemitério para agendar o velório;
  • Compra do terreno para enterro;
  • Transporte do corpo para o velório;
  • Organização de possíveis acessórios para o velório.

Geralmente, a funerária oferece um contrato onde estão listados todos os serviços que oferece para o cliente assunar. O pagamento pode ser feito no momento da escolha do caixão, mas algumas funerárias permitem que o pagamento seja feito mais tarde ou em várias vezes.

Algumas funerárias aumentam o lucro do serviço com a venda de coroas de flores, faixas com declarações, castiçais e velas, entre outros. Isso garante que o lucro é aumentando e pode ser algo mais prático para o cliente, que adquire tudo no mesmo local. Contudo, é possível montar uma funerária que apenas prepara o corpo e vende caixões.

Local e estrutura

O ideal é apostar em locais afastados do centro da cidade e de zonas residenciais, preferindo locais na saída ou na entrada da cidade. Além da legislação dos 5 km mencionada anteriormente, o tipo de negócio pode incomodar algumas pessoas. No entanto, a zona deve ter bons acessos, vias bem iluminadas e ruas seguras e asfaltadas para que os serviços decorram de forma ideal.

A estrutura interna requer uma sala de preparo do corpo e organização do caixão, uma recepção e/ou sala de espera, banheiros, zona de armazenamento de produtos e espaço de escolha dos caixões. Algumas funerárias possuem ainda uma sala de velório para as famílias que optam por realizar a cerimônia nesse local.

Como montar uma funerária - Local e estrutura

Custos

O custo inicial para montar uma funerária não é baixo, pois é necessário alugar ou comprar um espaço de trabalho, ter gastos com a sua organização, comprar caixões para ter em estoque, contratar funcionários, legalizar o negócio e ainda adquirir um veículo para transportar o caixão, assim como uma ou duas motos. Dessa forma, é impossível montar uma funerária com pouco dinheiro.

Em média, o valor estimado para começar um negócio funerário de porte médio é de 80 a 200 mil reais, mas isso varia muito de acordo com os objetivos do negociante e do plano de negócio.

Dicas

Alguns aspetos podem ser determinantes na hora de montar uma funerária de sucesso:

  • A localização é muito importante. Aposte em locais próximos ou com boas rotas para hospitais e IML, pois é daí que o transporte é feito. Também pode estabelecer sua funerária perto de cemitérios e de floriculturas.
  • Diversifique o seu serviço com preços baixos e altos para que consiga chegar a várias camadas sociais e aumentar o volume do seu negócio.
  • Caso a cobrança seja feita após o enterro, nunca se esqueça de assinar o contrato para que possa cobrar o valor ao responsável pelo pagamento. Confirme o número de telefone, endereço e números de cartão de crédito do cliente. Para uma maior segurança e foco no negócio funerário, prefira usar serviços de financeiras e seguradoras.
Como montar uma funerária - Dicas

Outros artigos

Confira outros artigos que podem ser úteis na hora de montar e valorizar o seu negócio:

Como ser um empresário de sucesso

Como escolher o logótipo da minha empresa

Como escolher o nome da minha empresa

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como montar uma funerária, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Escrever comentário sobre Como montar uma funerária

O que lhe pareceu o artigo?

Como montar uma funerária
1 de 4
Como montar uma funerária

Voltar ao topo da página