menu
Partilhar

O que é o macroambiente de uma empresa

O que é o macroambiente de uma empresa
Imagem: puntoco.bligoo.com.co

São muitas as variáveis externas que podem interferir no funcionamento da empresa, seja para melhor ou para pior. Estes fatores não dependem da atividade comercial, mas de fatores alheios que não só afetam as empresas, mas o conjunto da população. É conhecido como o macroambiente da empresa, para englobar todos eles. Neste artigo de umComo.com.br vamos explicar a você o que é o macroambiente de uma empresa.

Definição de macroambiente

O macroambiente de uma empresa é o termo que se utiliza para englobar todas aquelas variáveis externas que afetam a atividade empresarial. Estas variáveis geralmente não só afetam a empresa, mas o conjunto da sociedade e de suas atividades, e englobam matérias relativas à população, questões legais ou tecnológicas.

É essencialrealizar uma boa análise do macroambiente de uma empresa, já que conhecendo em que situação desenvolvemos nossa atividade poderemos proteger-nos daquelas questões que possam se tornar nocivas, e aproveitar aquelas situações que nos permitam aumentar as vendas.

Dimensões do macroambiente

Tradicionalmente o macroambiente empresarial dividiu-se em 7 dimensões a estudar e valorizar, que são as seguintes:

  • Demografia: estrutura da população, idade, movimentos migratórios, taxas de natalidade e mortalidade.
  • Econômicas: renda, evolução do PIB atual, inflação, política monetária e fiscal do Governo, desemprego, taxa de juros, tipos de câmbio.
  • Culturais e sociais: estilos de vida, grupos sociais, preocupações sociais, mudanças nos valores da sociedade ou consumo de drogas, entre outros.
  • Legal: barreiras de entrada e saída em um mercado, jurisprudência, ou regulamentação de temas concretos.
  • Política: divisão em províncias/estados, lobbies, sistema político, grupos com um grande poder no país.
  • Meio ambiente: nível de degradação, preocupações sociais, zonas protegidas, legislação protetora.
  • Tecnológica: infraestruturas, patentes e inovações, I&D ou produtividade das indústrias.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é o macroambiente de uma empresa, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
8 comentários
A sua avaliação:
saide Benjamim Aly Mirasse
o macroambiente de uma empresa são todos indicares muito relevantes que precisam ser analisadas antes e depois de criação ou na decisão de investir numa empresa.
A sua avaliação:
Lucas Avianski
Simples e de fácil compreensão, me estimulou muito na elaboração de um texto, obrigado!
Editor umComo.com.br
Oi Lucas! Que bom que o artigo foi útil. Continue nos acompanhando :)
A sua avaliação:
Leonardo
Sugestão para o site/blog: Incluir data de publicação do artigo.
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Oi Leonardo! Obrigada pela sugestão :)
A sua avaliação:
Joaquim L, Santana
Muito bem esclarecido , Parabéns
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Oi Joaquim! Que bom saber que as informações foram do seu agrado! Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando a nossa página :)
A sua avaliação:
Joaquim l, Santana
com todos esses requisitos; haveria possibilidade de diminuirmos a quantidade de poluentes que são lançados nos rios? ou não é permitido por lei?
Ane
1. ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO 1.1 MACROAMBIENTE O macro ambiente das empresas é formado por elementos externos, podendo através dele, identificar as ameaças e oportunidades. De acordo com Kotler e Armstrong (2003, p. 37): “a empresa assim como todos os outros integrantes atuam em um macroambiente maior de forças que podem oferecer oportunidades e impõem ameaças a elas, o macroambiente é composto por seis forças: demográficas, econômicas, naturais, tecnológicas, políticas e culturais.” As pessoas são movidas a necessidades e desejos que na maioria das vezes são impulsionados pelas tendências gerais, ou seja, o que está acontecendo no ambiente externo. 1.1.1 Políticas As políticas impostas num determinado setor são provenientes do governo, segundo Certo, Peter, Marcondes e Cesar (2010 p.30): “O componente político compreende os elementos relacionados as decisões governamentais. Exemplos desses elementos incluem estilos de governo, sua atitude diante de várias indústrias, esforços para tentar obter aprovação de projetos por grupos interessados, progressos na aprovação de leis, plataformas de partidos políticos e, algumas vezes, predisposição dos candidatos de se empenhar no cargo.” No estado do Paraná existem diversos programas de incentivo aos micro e pequenos empresários, um exemplo é o Microcrédito, que é uma linha de crédito desenvolvida para apoiar o fortalecimento e crescimento das ME. Esses diversos apoios do governo estão todos em uma página denominada: “Fomento Paraná”, no qual os empresários tem um ambiente que podem tirar suas dúvidas e conferir os programas de apoio e incentivo aos empreendedores. (FOMENTO PARANÁ, 2015). O fator que se torna uma barreira para a abertura e formalização de empresas é a burocracia, dificultando o ambiente de negócios, assim prejudicando o desenvolvimento econômico do país. Segundo Hitt e Ireland, Hoskisson (2011, p.43), basicamente este segmento representa como as organizações tentam influenciar os governos e como os governos as influenciam. À medida que a política de regulamentação se modifica, por exemplo, este segmento influência a natureza da concorrência mudando as regras. 1.1.2 Legal As empresas devem ter em mente as leis que regem os setores, visto que essas leis são fundamentais para o andamento e funcionamento das empresas no geral. Assim, para Hitt e Ireland, Hoskisson (2011, p.43) não é diferente, as leis antitrustes, leis tributárias, industriais escolhidas para desregulamentação, leis de treinamento de mão-de-obra e o grau de comprometimento com as instituições educacionais podem afetar as operações e a lucratividade das indústrias e das empresas. Segundo Certo, Peter, Marcondes e Cesar (2010) o componente legal consiste nas leis que devem ser seguidas por todos os membros da sociedade. No Brasil existem legislações voltadas especificamente para as organizações, como a Lei de Proteção do Consumidor nº 8078 de 11 de Setembro de 1990, Lei de Defesa da Concorrência nº 8158 de 8 de Janeiro de 1991 e ainda podemos citar a Lei do Meio Ambiente nº 6938 de 31 de Agosto de 1981. (CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DEDERATIVA DO BRASIL DE 1988) O simples Nacional é uma forma de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicáveis às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, tem como objetivo incentivar a criação e sobrevivência das micros e pequenas empresas, assim prevendo a redução da carga fiscal, por meio de uma modalidade de tributo fiscal. (SIMPLES NACIONAL, 2015) 1.1.3 Economia De acordo com Certo, Peter, Marcondes e Cesar (2010 p.30): “...fazem parte desse componente econômico o produto interno bruto (PIB), lucros do setor econômico, taxas de inflação, produtividade setorial, taxas de emprego, balanços de pagamentos, taxas de juros, tributos e receitas de consumidores, despesas e débitos públicos.” Quando há uma estabilidade na economia os clientes no geral passam a usar mais os serviços pres
Keliane
preciso de alguns dados do autor desse texto. SOBRENOME, Nome do autor. Título da obra. Edição. Cidade: Editora, Ano de Publicação.
Tawane Franco
È tudo aquilo que afeta as organizações como as forças político legais,econômicas, tecnológicas e sociais.
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
É isso mesmo Tawane :) Obrigada por comentar!

O que é o macroambiente de uma empresa
Imagem: puntoco.bligoo.com.co
O que é o macroambiente de uma empresa

Voltar ao topo da página