menu
Partilhar

Como vender pelo PicPay

 
Por Aerton Guimarães, Jornalista. 24 março 2021
Como vender pelo PicPay

O PicPay é um aplicativo de pagamentos que surgiu em 2012. Por meio dele, é possível receber pagamentos, pagar outros usuários do app e, ainda, pagar estabelecimentos como lojas, supermercados e serviços que estejam cadastradas no PicPay, como boletos e recargas de celular.

Chama a atenção a facilidade de receber pagamentos, via débito ou crédito, ou seja, é um aplicativo que substitui a máquina de cartão, o que agrada especialmente profissionais autônomos, lojistas, micro e pequenos empresários por ser prático, rápido e seguro.

Neste artigo do umCOMO vamos explicar como vender pelo PicPay e abordaremos todas as dúvidas que podem surgir com relação às taxas do PicPay, como funciona e, ainda, sobre como receber pagamento parcelado pelo app. Esperamos que seja útil!

Também lhe pode interessar: Como simular parcelamento no PicPay

Tipos de contas do PicPay e taxas

Se você quer entender como vender pelo PicPay, saiba que o app oferece distintas maneiras de receber pagamentos de acordo com o seu perfil e conta no aplicativo, que pode ser a de um usuário comum, se você tem CNPJ ou não, se é uma empresa e quer vender pela internet . Portanto, há contas que funcionam de formas diferentes para você que é lojista, profissional autônomo, profissional liberal, microempreendedor ou comerciante.

Antes de mais nada, você precisa baixar o aplicativo no seu Android ou Iphone. Para criar uma conta básica de usuário comum, basta fazer o download do app e inserir o seu CPF, nome completo, número do celular, e-mail e data de aniversário. Em seguida, você pode cadastrar um cartão de crédito à sua escolha para efetuar pagamentos online e, se quiser, adicione dinheiro à carteira por meio de transferências bancárias (TED, DOC ou boleto bancário).

É importante que você saiba que não há taxa de adesão, mensalidade ou anuidade para utilizar o app. Ainda neste artigo explicaremos como funcionam as taxas do PicPay.

Conta pessoal do PicPay

Com a conta pessoal ou de usuário comum do PicPay, você pode receber pagamentos, mas há um limite de R$ 800 por mês de movimentação nessa conta. Se você tem um negócio que certamente vai demandar um limite maior que esse, é melhor assinar um dos outros planos da ferramenta. A seguir detalharemos cada um deles para você saber como vender pelo PicPay da forma que for mais conveniente para o seu tipo de negócio e condição comercial.

PicPay para empresas (com CNPJ)

A opção do PicPay Empresas é direcionada para microeempredores individuais (MEI) como comerciantes, costureiras, freelancers; também para pequenas empresas, tais quais restaurantes, salões de beleza, sorveterias e lojas de roupas; e, ainda, grandes empresas, como supermercados e lojas de departamentos.

Para mudar a conta para esta modalidade, basta fazer o cadastro pelo aplicativo PicPay Empresas, na aba “Cadastrar Minha Empresa”, ou por meio do site.

Neste tipo de conta também não há nenhum tipo de mensalidade ou anuidade, mas o aplicativo cobra taxas por cada pagamento ou venda realizada. Assim, as taxas do PicPay são flexíveis e variam de acordo com a condição comercial e quando você desejar receber o valor.

Taxas do PicPay Empresas

A seguir daremos alguns exemplos de taxas do PicPay cobradas em 2021. Atenção aqui, pois elas mudam de acordo com a data de saque daquele pagamento recebido:

  • Um dia útil: se o vendedor quiser receber o valor em até um dia útil, a taxa do PicPay será de 1,99%. Ou seja, se a venda for de R$ 100, R$ 1,99 ficarão com o app;
  • Até 30 dias úteis: se o comerciante vender pelo PicPay e quiser receber em até 30 dias úteis, a taxa cobrada será de 1,26%;
  • Até 80 dias úteis: se a empresa vender pelo PicPay e só sacar o valor em até 80 dias úteis, nestes casos não será cobrada nenhuma taxa.

Taxas para pagamentos parcelados pelo PicPay

Como receber pagamento parcelado no PicPay? Bem, no plano do PicPay para empresas é possível fazer a venda parcelada e sem juros para os clientes. Para fazer isso, basta informar o valor do pagamento e, em seguida, o cliente deve selecionar o botão "Parcelar em 1x" e escolher em quantas parcelas ele vai querer dividir a compra. Em algumas versões do aplicativo a opção de parcelamento pode ser apresentada como botão 1x.

Saiba que, ao optar pelo parcelamento sem juros de uma venda, o custo aumenta para o vendedor e isso varia de acordo com a quantidade de parcelas oferecida, que será somada à taxa do PicPay de recebimento que explicamos anteriormente. Neste outro artigo explicamos como simular parcelamento no PicPay.

Aqui estão alguns exemplos das taxas cobradas pelo parcelamento::

  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 2x: 5,26%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 3x: 7,06%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 4x: 8,87%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 5x: 10,71%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 6x: 12,56%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 7x: 14,44%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 8x: 16,33%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 9x: 18,25%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 10x: 20,18%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 11x: 22,13%
  • Taxa do PicPay para vendas parceladas em até 12x: 24,11%

Vale ressaltar que essas são taxas cobradas em 2021. Se você quer saber como vender pelo PicPay e não tem muito conhecimento de precificação de produtos ou serviços, é bom sempre levar em consideração essas taxas cobradas.

Um exemplo: se você realizar uma venda pelo PicPay de R$ 120 e parcelar em 12 vezes para o cliente, ele pagará em 12 vezes de R$ 10 reais. No entanto, se você optar por sacar o dinheiro em até um dia útil, você receberá os R$ 120 - (taxa do PicPay de 1,99% + taxa de 24,11%). Então você receberá um pagamento de R$ 88,68.

Além disso, neste tipo de conta o limite de pagamento de boleto é de R$ 5 mil por dia e, por sua vez, o de recebimento é de R$ 10 mil em 30 dias.

Como vender pelo PicPay - PicPay para empresas (com CNPJ)
Imagem: Reprodução/PicPay

PicPay Pro (sem CNPJ)

Uma outra opção para quem quer vender pelo PicPay é utilizar o PicPay Pro,uma modalidade voltada para profissionais liberais, como comerciantes, feirantes, motoristas, professores, advogados, donos de mercadinho, mecânicas ou restaurantes. Nesta modalidade você não precisa possuir um CNPJ.

Com esta conta, é possível vender pelo PicPay sem limites para receber pagamentos, nem aluguel ou nenhum tipo de mensalidade. Para mudar a conta para o PIcPay Pro, basta acessar as configurações e ativar essa opção.

Taxas do PicPay Pro

Nesta opção do aplicativo, há apenas uma taxa única, de 2,99% do valor de venda. No entanto, se você fez uma venda e vai receber o pagamento parcelado pelo PicPay, as taxas variam e são as mesmas do modo PicPay Empresas. Lembramos que em um parcelamento sem juros para o cliente, é a empresa quem arca com esses valores:

  • Em até 2x: 5,26%
  • Em até 3x: 7,06%
  • Em até 4x: 8,87%
  • Em até 5x: 10,71%
  • Em até 6x: 12,56%
  • Em até 7x: 14,44%
  • Em até 8x: 16,33%
  • Em até 9x: 18,25%
  • Em até 10x: 20,18%
  • Em até 11x: 22,13%
  • Em até 12x: 24,11%

Exemplo: se você fizer uma venda pelo PicPay no valor de R$ 100 e parcelar em 5 vezes para o cliente, você deve fazer o seguinte cálculo para saber quanto receberá: R$ 100 - (taxa do PicPay Pro de 2,99% + 10,71%, que é a taxa para um parcelamento em 5x). Você receberá, portanto, um valor de R$ 86,30.

Como vender pelo PicPay - PicPay Pro (sem CNPJ)

PicPay e-commerce (vendas por um site na internet)

Uma outra modalidade do app para você quer vender pelo PicPay é o PicPay e-commerce, que facilita as vendas pela internet. Como vender pelo PicPay na internet? Basta que os clientes escaneiem o QR Code do site para que o valor seja debitado do saldo no PicPay. Para criar a conta, basta acessar a página do PicPay e-commerce, inserir seu e-mail e uma senha e finalizar o cadastro. Em seguida, você receberá os tokens e o passo a passo para implementar o serviço de pagamento no seu site de vendas.

Taxas do PicPay e-commerce

Não há taxas para os primeiros três meses de utilização do PicPay e-commerce. Após este período, a taxa varia de acordo com o prazo que você optar por receber os pagamentos das vendas realizadas. Além disso, também não são cobradas taxas para transações, custo de setup, saque, cancelamento, faturamento e programa antifraude. Confira as taxas de pagamentos atualmente (informações em março de 2021):

  • A taxa do PicPay para receber em um dia útil é de 5,86%
  • A taxa do PicPay para receber em 14 dias é de 4,89%
  • A taxa do PicPay para receber em 30 dias é de 3,89%
Como vender pelo PicPay - PicPay e-commerce (vendas por um site na internet)

Como vender pelo PicPay: passo a passo

Neste artigo já explicamos como funciona o app do PicPay e suas diferentes contas e detalhamos as taxas do PicPay cobradas em cada situação. Nesta seção contaremos um passo a passo sobre como vender pelo PicPay caso você ainda não tenha familiaridade com o aplicativo.

Como vender pelo PicPay em lojas presenciais

  1. Antes de tudo, se o cliente vai efetuar um pagamento de maneira presencial (não é uma compra pela internet), ele deve baixar o app do PicPay e fazer um cadastro.
  2. Para fazer compras em débito, é necessário inserir dinheiro na carteira, seja por TED, DOC, PIX ou boleto bancário. Se for comprar via cartão de crédito, basta cadastrar um cartão ou mesmo criar um do próprio PicPay.
  3. O vendedor deve informar a opção de pagamento por meio do QR Code.
  4. Em seguida, diga para a pessoa abrir o PicPay e tocar no ícone do QR Code na tela inicial no canto superior esquerdo.
  5. Agora ela deve escanear o seu QR Code impresso ou na tela do seu celular utilizando o app.
  6. Depois da confirmação, o pagamento será efetuado instantaneamente.

Como vender pelo PicPay com link de pagamento

O vendedor pode gerar um link de pagamento no aplicativo PicPay Empresas ou no Painel de vendas, e enviar por mensagem ou WhatsApp para o cliente concluir a transação. Para pagar, o cliente só vai precisar clicar no link enviado e confirmar o pagamento com a senha ou a digital dele.

Já que você se interessa em como vender pelo PicPay, talvez este outro artigo que temos sobre como vender no Instagram possa ser útil.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como vender pelo PicPay, recomendamos que entre na nossa categoria de Finanças Pessoais.

Bibliografia
  • PICPAY. Conheça o PicPay. Disponível em: <https://meajuda.picpay.com/hc/pt-br/categories/360003297232-Conhe%C3%A7a-o-PicPay>. Acesso em 24 de março de 2021.
  • VALOR ECONÔMICO. PicPay reforça time e se prepara para IPO. Disponível em: <https://valor.globo.com/financas/noticia/2021/03/21/picpay-reforca-time-e-se-prepara-para-ipo.ghtml>. Acesso em 24 de março de 2021.
  • PICPAY PRO. Receba pagamentos pelo celular, sem maquininha e pague só 2,99% por venda. Disponível em: <https://www.picpay.com/site/pro>. Acesso em 24 de março de 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como vender pelo PicPay
Imagem: Reprodução/PicPay
1 de 4
Como vender pelo PicPay

Voltar ao topo da página