menu
Partilhar

Como fazer uma planilha de gastos

 
Por Isadora R. Hausen. 15 maio 2023
Como fazer uma planilha de gastos

Lidar com dinheiro, com controle financeiro, nem sempre é algo fácil de fazer. As contas se acumulam, são despesas atrás de despesas e, ao fim do mês, a fatura do cartão de crédito chega. Muitas pessoas não sabem como administrar suas finanças e acabam perdendo o controle dos seus gastos pessoais.

Para evitar ouvir dentro da sua cabeça aquela música antiga “dinheiro na mão é vendaval” e aprender a controlar melhor as suas finanças pessoais, leia este artigo do umCOMO e descubra como fazer uma planilha de gastos.

Também lhe pode interessar: Como fazer uma planilha de gastos

Por que fazer uma planilha de gastos

A planilha de gastos é uma valiosa ferramenta para gerir atividades financeiras, sejam elas individuais ou familiares, ou para administrar fluxos financeiros de empresas. Nela você deve inserir todos os dados referentes às suas receitas e despesas. Exemplificando, todo dinheiro que entra em conta e todo o que sai deve ser contabilizado na planilha.

Como forma de controle de orçamento, as planilhas permitem que você tenha uma visão macro das atividades financeiras. Ao fazer o fluxo de gastos, você saberá para onde vai o dinheiro e poderá identificar em que áreas e quando será necessário fazer corte de gastos. Se bem estruturada, ela te ajuda a reduzir ou controlar custos e a organizar e planejar investimentos.

De acordo com a XP Investimentos[1], a planilha de gastos “ajudará a entender melhor os seus hábitos de consumo e encontrar melhores formas de atingir as suas metas”.

Também pode lhe interessar: Como se livrar das dívidas

Tipos de planilhas de gastos

  • Diária: controla as entradas e saídas do dia a dia e pode dar insights de onde é possível economizar;
  • Mensal: com este tipo de planilha você já consegue ter projeções do seu cenário financeiro ou da situação da sua empresa. Com ela, você já consegue planejar investimentos e estratégias;
  • Fluxo de caixa: esta já apresenta uma previsibilidade dos gastos e te ajuda a entender o capital de giro da empresa. Além disso, ela te dá mais segurança nas tomadas de decisões financeiras e de investimentos.

O que devo colocar na minha planilha de gastos

Apesar de existirem diversos modelos para você baixar e preencher, aqui te ensinamos a como fazer uma planilha de gastos personalizada, adequada à sua realidade, de sua família ou da sua empresa.

O Serasa[2] aconselha que o preenchimento da planilha de gastos deve se tornar rotina. Para isso, você deve inserir dados novos na sua planilha sempre que possível e também guardar os registros e comprovantes das despesas em local de fácil acesso.

Ainda, você deve manter a planilha sempre atualizada. Para isso, ao final de cada dia ou mês, some todos os seus gastos daquele período e diminua do total da sua renda. Para maior amplitude do seu controle, a sua planilha deve ser detalhada e conter o máximo de informações financeiras que você julgar pertinente. Isso inclui:

  • Todas as contas pequenas ou grandes, incluindo parcelamentos e financiamentos. Com detalhamento das despesas fixas, independente do valor;
  • Inclua as despesas variáveis, cujo valor muda dependendo do mês ou que não são necessariamente mensais;
  • Qualquer entrada de dinheiro, por exemplo, salário, extras, bonificações;
  • Economias ou valores poupados após o pagamento das contas;
  • Metas e objetivos financeiros.

Neste outro artigo você vai aprender como ser mais organizado com dinheiro.

Como fazer uma planilha de gastos no Excel

A seguir veja o passo a passo para fazer uma planilha de gastos no Excel. Lembrando que estas são instruções gerais que podem ser adaptadas a qualquer realidade financeira.

  1. Comece preenchendo todos os meses do ano. Assim, apesar de você fazer os lançamentos de entradas e despesas mensais, você terá uma visão anual de todos os seus gastos e, se desejar, pode incluir projeções;
  2. Depois você vai dividir a planilha em categorias. As mais usuais são quatro:
  3. A primeira categoria é a de Entradas, ou receitas. Aqui você colocará tudo que compor o seu orçamento, tudo o que for renda. Por exemplo: salário líquido; comissões; vales, entre outros valores;
  4. Pule uma linha da tabela e crie uma categoria de Investimentos, mesmo que em um primeiro momento ela não seja utilizada;
  5. Salte outra linha e inclua a categoria de Gastos Fixos ou essenciais, que são as despesas com valores e cobranças invariáveis mensais;
  6. A quarta categoria é a de Gastos Variáveis que são todos aqueles não essenciais à sua sobrevivência;
  7. Em seguida, na linha ao lado das células de cada categoria, insira a fórmula =SOMA e selecione todos os valores referentes àquela categoria. Exemplo: =soma(B3:B7). Aperte Enter para o Excel automaticamente somar os valores;
  8. Replique essa fórmula para todos os meses;
  9. Lembre-se de selecionar as células que contêm valores e alterar o estilo para Moeda. Para isso, na aba Início do Excel, clique em Geral e faça a alteração;
  10. Ao final da tabela, adicione uma linha onde você colocará o Total. Nesta linha será feito o balanço dos gastos. Desta forma, ao lado da célula Total você digitará “=” (sem aspas) seguido da célula contendo o total das entradas, o sinal “-“ (sem aspas), e depois todas as células de gastos e investimentos. Clique em Enter para verificar o resultado. Exemplo: =B2-B8-B14-B22

Segundo a especialista em finanças pessoais, Veridiana Lopes[3], é interessante colocar um teto de gastos por categoria. Essa é a melhor forma de você se organizar financeiramente. Ela orienta que o cartão de crédito em si é uma forma de pagamento e não um gasto. Já os gastos mensais de cartão, como academia, por exemplo, devem ser lançados nos meses de pagamento.

Como fazer uma planilha de gastos - Como fazer uma planilha de gastos no Excel

Como fazer uma planilha de gastos no Google Sheets

Diferente do Excel, o Google Sheets permite que você acesse a sua planilha online pela internet, computador ou celular. Sem contar que ela é compartilhável, podendo ser editada por mais de uma pessoa.

Para fazer uma planilha pelo Google Sheets, siga os passos a seguir:

  1. Abra o Google Sheets e, na barra superior, clique em Iniciar nova planilha Em Branco;
  2. No canto superior esquerdo nomeie a sua planilha;
  3. Coloque os meses do ano em cada coluna e crie as categorias Entradas, Investimentos, Gastos Fixos e Gastos Variáveis;
  4. Adicione ao lado das células das categorias a fórmula =SOMA e selecione todos os valores relativos àquela categoria. Aperte o Enter para o resultado. Exemplo: =SOMA(C3:C7)
  5. Replique essa fórmula para todos os meses;
  6. Ao final da planilha, inclua a célula Total e ao lado dela aplique a fórmula “=” (sem aspas) seguido da célula contendo o total das entradas, o sinal “-“ (sem aspas), e depois todas as células de gastos e investimentos. Clique em Enter para verificar o resultado. Exemplo: =B2-B8-B14-B22

Para compartilhá-la com terceiros, basta ir ao Google Drive, na opção Documentos, escolher Planilhas, clicar no documento que você quer e selecionar Compartilhar. Ao fazer dessa forma, você controla quem poderá editar, comentar ou apenas abrir o arquivo[4].

Como fazer uma planilha de gastos - Como fazer uma planilha de gastos no Google Sheets

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como fazer uma planilha de gastos, recomendamos que entre na nossa categoria de Finanças Pessoais.

Referências
  1. Planilha de gastos: Saiba como organizar suas finanças. Disponível em: <https://conteudos.xpi.com.br/web-stories/como-fazer-planilha-de-gastos/>. Acesso em 10/05/2023.
  2. O que é e como montar uma planilha de gastos. Disponível em: <https://www.serasa.com.br/score/blog/o-que-e-e-como-montar-uma-planilha-de-gastos/>. Acesso em 10/05/2023.
  3. Planilha de Gastos: como fazer seu controle financeiro. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fxkAvkcNPp8&t=135s/>. Acesso em: 10/05/2023.
  4. Compartilhar arquivos do GoogleDrive. Disponível em: <https://support.google.com/docs/answer/2494822?sjid=3122130429480663232-SA/>. Acesso em 10/05/2023.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como fazer uma planilha de gastos
1 de 3
Como fazer uma planilha de gastos

Voltar ao topo da página