Partilhar

Qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa
Imagem: trabajados.com

Nos tempos que correm o despedimento laboral é um tema da atualidade. Mas nem todos os despedimentos são iguais: há que distinguir quando se realiza de uma forma adequada e quando se faz de uma maneira inadequada. Cada uma destas implica uma série de condições. Deve informar-se para saber que direitos e deveres tem em cada situação. Em umComo.com.br explicamos-lhe qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa.

Também lhe pode interessar: Como funciona a demissão por justa causa
Passos a seguir:
1

Quando um trabalhador conta com uma má conduta dentro do seu posto de trabalho e esta afeta a empresa, pode-se realizar um despedimento com justa causa. É conveniente deixar o seu posto de trabalho por ser um trabalhador inadequado.

2

No caso do despedimento por justa causa, a empresa não está obrigada a indemnizar de nenhuma forma o seu trabalhador, desde que demonstre que os erros que o trabalhador cometeu no seu posto de trabalho são tão graves que originaram o seu despedimento.

3

Num despedimento por justa causa o trabalhador receberá todo o dinheiro que lhe devem com respeito ao último mês de trabalho e o salário que faltava cobrar. Além disso, poderá ter o seus papéis no dia para resolver a sua situação no centro de emprego enquanto encontra outro emprego.

4

O despedimento sem justa causa é aquele em que a empresa decide prescindir de algum dos seus trabalhadores por motivos próprios. Neste caso, o trabalhador realizou corretamente o seu trabalho e não gerou quaisquer circunstâncias que tenha levado ao despedimento.

5

No despedimento sem justa causa, o trabalhador dever ser indemnizado pela empresa consoante o tempo que trabalhou para eles. Deve receber um cheque ou uma transferência bancária com um valor relativo.

6

Além disso, deverá receber o que lhe pertencia e o último mês de trabalho, tudo aquilo que ainda não tinha recebido.

7

Também com o despedimento sem justa causa, a empresa deve transmitir ao trabalhador os papéis relativos à sua situação para que possa comunicar ao centro de emprego até encontrar um novo trabalho. A empresa deve sempre entregar este tipo de papéis aos seus empregados despedidos.

8

Sempre que um trabalhador é despedido, este deve assinar um papel à sua empresa em que mostra as razões da sua demissão. É aconselhável ler este papel e no caso de não estar conforme, o trabalhador antes de assinar deve escrever "não conforme" e assinar de seguida, se quiser tratar da sua situação com um advogado.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa, recomendamos que entre na nossa categoria de Leis.

Conselhos
  • É aconselhável que o trabalhador consulte sempre um advogado, para lhe indicar se tem direito a alguma reclamação.
  • Nunca assine uma carta de baixa voluntária, pois a empresa pode despedi-lo.
  • Nunca negue os seus direitos e peça-os quando não os reconhecem.

Escrever comentário sobre Qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Usuário anônimo
nao soube me infomar quais sao os direitos de quem sai sm justa causa

Qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa
Imagem: trabajados.com
Qual é a diferença entre despedimento com justa causa e sem justa causa

Voltar ao topo da página