Partilhar

O que é o certificado ISO 9002

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
O que é o certificado ISO 9002

Hoje em dia, muitas empresas, independente do seu porte, buscam selos de qualidade para garantir a credibilidade da sua marca para clientes, consumidores em geral, outras empresas com quem possam fazer negócios e governos. Um deles é referente à gestão de qualidade, conferido pela Organização Internacional para Normalização. Para saber mais sobre o que é o certificado ISO 9002 e as demais normas e, o que é preciso para obtê-lo, confira as informações que o umComo.com.br reuniu sobre esse tema.

Certificados ISO

Os certificados da ISO – Organização Internacional para Normalização são muito procurados por empresários dos mais variados segmentos do mercado em todo o país. Os mais requeridos são os que fazem parte da ISO 9000, basicamente eles são normas que as empresas devem seguir para que os certificados sejam obtidos. Essas normas buscam uma padronização da sistemática de trabalho, a fim de garantir sempre a mesma qualidade e proporcionar a constante satisfação do cliente.

Para receber a certificação, a empresa deve designar uma equipe interna, sendo que os seus membros são chamados de auditores internos. Eles devem receber a liderança de um gestor responsável por implantar as diretrizes da norma dentro do processo produtivo. Após essa adequação, auditores externos avaliam os avanços em busca da certificação. No entanto, desde os anos 1980, quando a certificação ISO passou a ser aplicada no Brasil, já houve diversas revisões, as quais ocasionaram mudanças e novas exigências nas normas. O mesmo aconteceu com a nomenclatura empregada.

O que é o certificado ISO 9002 - Certificados ISO

Fusão das ISO

Dessa forma, o certificado ISO 9002, hoje em dia, não existe mais, uma vez que no ano de 2000 uma nova revisão resultou na fusão das ISO9001, ISO9002 e ISO9003. Anteriormente, essas três normas atuavam em diferentes aspectos para atingir a qualidade do processo produtivo. No caso da 9002, criada em 1987, o seu objetivo era o de garantir a qualidade em especial nas companhias voltadas à montagem. Também era usada em organizações que trabalhavam com projetos, desenvolvimento e na prestação de serviços.

O fato da 9002 ser muito semelhante à 9001 foi um dos motivos que levou à combinação das três normas. No entanto, a mudança se deu principalmente porque em 1994, uma revisão da ISO incluiu as ações preventivas no processo produtivo, o que até então não era uma prioridade. Embora fosse um conceito inovador e importante, devido ao excesso de processos exigidos pelas normas, ocorreu uma burocratização e engessamento nas companhias, dificultando a implantação das novas exigências.

Para sanar esse problema, surgiu a ISO9001:2000, agora, as ações preventivas eram possíveis graças à introdução de indicadores que podiam monitorar os processos. Outra mudança foi a inclusão do cliente como parte do processo de produção, deixando de ser visto como algo de fora. Mais recentemente, entretanto, houve mais uma revisão, que lançou a ISO9000:2005. Mesmo recebendo com frequência novas alterações, a essência das normas continua a mesma. Assim, a partir do momento que a empresa segue o que é estipulado pelas diretrizes internacionais da ISO é possível obter os selos de gestão e de garantia da qualidade.

O que é o certificado ISO 9002 - Fusão das ISO

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é o certificado ISO 9002, recomendamos que entre na nossa categoria de Leis.

Escrever comentário sobre O que é o certificado ISO 9002

O que lhe pareceu o artigo?

O que é o certificado ISO 9002
1 de 3
O que é o certificado ISO 9002

Voltar ao topo da página