Partilhar

Estrutura de um bom curriculum vitae

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Estrutura de um bom curriculum vitae

O curriculum vitae é o primeiro contato que você terá com o empresário que você deseja que lhe contrate, portanto, tem de ser claro e estar muito bem estruturado. Um bom curriculum vitae deve ter quatro partes distintas: os dados pessoais, a formação, a experiência profissional e os dados complementares. Neste artigo, mostramos o que é que você deve incluir em cada uma das partes do curriculum vitae e como fazê-lo.

Também lhe pode interessar: Conselhos para fazer um bom curriculum vitae

Os dados pessoais

Neste item deverá constar o seu nome completo, local de nascimento, endereço residencial, telefone, endereço de correio eletrônico, idade e estado civil.

A formação acadêmica

Aqui, serão incluídos os estudos realizados e o grau obtido, com a relação dos centros onde foram cursados esses estudos. Serão adicionados também os idiomas, indicando uma pequena avaliação do nível (baixo, médio ou alto) falado e escrito. Os idiomas podem ser colocados neste item ou no de dados complementares. Se você não tem muitos dados complementares para acrescentar, coloque-os neste item. Se, entretanto, não tem muita formação acadêmica, adicione idiomas no item de formação.Podem ser incluídos também os estudos não regulados, mas que tenham relação direta com o campo profissional para o qual se está fazendo a entrevista de trabalho.Esta parte do curriculum vitae será feita em ordem cronológica inversa, isto é, o que seja mais recente será o que se colocará primeiro.É muito importante poder demonstrar a veracidade dos dados com diplomas comprobatórios.

A experiência profissional

Para este item você pode seguir uma ordem cronológica, funcional ou mista, ainda que a primeira é a mais comum. Aqui vamos relacionar todas as experiências profissionais e remuneradas. Você terá de indicar as datas, o nome e a atividade da empresa, o posto de trabalho e, se possível, um nome para que, caso desejem, possam pedir referências.

Os dados complementares

Neste último item do curriculum vitae você poderá incluir alguns dados que possam ser interessantes ou relevantes. Algumas pessoas acham que é positivo incluir os hobbies, as preferências e os gostos, mas isto é absolutamente pessoal.Este item ajuda o empresário a ter uma ideia sobre a sua personalidade.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Estrutura de um bom curriculum vitae, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalho.

Conselhos
  • Lembre-se que o mais importante na hora de fazer um bom curriculum vitae, é a veracidade de toda a informação que contém.

Escrever comentário sobre Estrutura de um bom curriculum vitae

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Cosme Alves Teixeira Lima
É você ser bem tranquilo bem confiante e fé principalmente em Deus por que sem ele agente não vamos pra frente .

Estrutura de um bom curriculum vitae
Estrutura de um bom curriculum vitae

Voltar ao topo da página