Como vender os medicamentos em uma farmácia

Como vender os medicamentos em uma farmácia
Imagem: farmaciasaojudastadeu.com.br

Os técnicos farmacêuticos desempenham um papel fundamental no atendimento ao paciente e suas receitas. Embora os farmacêuticos sejam responsáveis por muitas funções especializadas em uma farmácia, os técnicos realizam a maior parte das vendas dos medicamentos. Os técnicos farmacêuticos aplicam seus conhecimentos especializados em nomes de medicamentos, doses, equivalentes genéricos e de códigos de SIG para traduzir receitas escritas à mão de um médico em uma receita até às etiquetas limpas e informativas sobre um frasco com receita. Para vender corretamente os medicamentos em uma farmácia você deve seguir uma série de passos. Por isso, em umComo.com.br explicamos-lhe como deve vender os medicamentos em uma farmácia.

Vai precisar de:
Passos a seguir:
1

Localize o paciente no sistema informatizado da farmácia. Se o paciente é novo, recolha toda a informação necessária e crie uma nova ficha de paciente.

2

Leia a receita e certifique-se que as instruções do médico são claras. Esclareça qualquer dúvida com o farmacêutico responsável do seu turno.

3

Se precisar de um maior esclarecimento, telefone ao consultório do médico ou farmacêutico se assim exigir a lei estatal.

4

Procure o medicamento adequado no estoque da farmácia e volte a verificar a dose e o nome do medicamento.

5

Realize todas as conversões matemáticas necessárias para unidades das doses, e calcule o número de dias que é necessário tomar o medicamento.

6

Traduza os códigos SIG na receita, como BID ou PRN, em linguagem natural, e as direções de tipo de forma precisa e concisa no sistema informatizado da farmácia.

7

Comprove a entrada de dados, prestando especial atenção ao nome do medicamento, dose, frequência, quantidade e trocas.

8

Apresente a prescrição para o tratamento de terceiros e a aprovação de seu farmacêutico.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como vender os medicamentos em uma farmácia, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Conselhos
  • A memorização de nomes de medicamentos e doses, ajuda normalmente a simplificar o processo de entrada de dados para técnicos de farmácia.
  • Os médicos são notórios por sua letra ilegível, mas com a prática, fica bem mais fácil de decifrar as receitas. Além disso, hoje em dia em muitos consultórios as receitas já são eletrônicas.
  • Os erros na entrada de dados podem ter consequências potencialmente perigosas para a vida de um paciente. Seja consciente de seu trabalho e procure sempre erros para corrigi-los a tempo.