Partilhar

Como reconhecer os sinais do assédio moral no trabalho

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como reconhecer os sinais do assédio moral no trabalho

O assédio moral no trabalho, também conhecido como mobbing no trabalho, é uma situação de violência psicológica, recorrente e sustentada no tempo. Quem costuma realizá-la são os chefes ou colegas de trabalho, que utilizam seu poder de forma abusiva e tendem a usar a violência verbal contra a vítima, de modo a não deixar nenhuma evidência de sua agressão. As consequências que o assédio moral pode ter nas pessoas são bastante sérias e incluem: depressão, ataques de pânico, irritabilidade, autoestima baixa, entre outros. Se você acha que está passando por uma situação de assédio moral no trabalho, apresentaremos-lhe aqui alguns sinais para que você possa reconhecê-lo.

Também lhe pode interessar: Como lidar com assédio no trabalho
Passos a seguir:
1

Tratamento diferente. Isto ocorre quando a pessoa que realiza o assédio moral no trabalho age de forma discriminatória contra você. Ou seja, faz uma diferença clara no tratamento dirigido a você em comparação com o resto de seus colegas. Pode ser através da exclusão ou da indiferença.

2

Agressões verbais. Trata-se da utilização de insultos, gritos e todo o tipo de maus-tratos verbais. Isto é geralmente realizado quando se encontram a sós ou em presença de poucos colegas da confiança do assediador.

3

Difamação. O assediador tende a falar mal de você a nível pessoal e profissional. Trata de criar uma imagem sua inadequada para o perfil da empresa. Pode às vezes, inclusive, inventar boatos que não favorecem de modo algum a sua imagem no trabalho.

4

Pressão. Costuma te dar uma quantidade excessiva de trabalho e exigir de você a finalização no menor prazo possível. Também tende a propor projetos inalcançáveis, com o fim de submeter você a um nível extremo de estresse.

5

Limitação do progresso. Tenta evitar ou impedir todo o progresso laboral que você possa fazer dentro da empresa. É assim que ele proíbe você de realizar concursos e rejeita suas propostas de projetos.

6

Controle sobre o seu destino dentro da empresa. O assediador evitará todo tipo de transferência que você solicitar para outro setor; ele castiga você duramente quando você chega tarde e manipula a situação à conveniência dele.

7

Desqualificação laboral. Ameaça continuamente retirar as responsabilidades que você tem ou troca suas tarefas por aquelas que não têm nada a ver com o que você faz.

8

Ocultar informação. Evita transmitir a você informação crucial sobre o seu trabalho, para depois poder culpar você por negligência profissional ou falta de interesse no trabalho.

9

Ridicularizar. Tende a zombar de você e a menosprezar seu trabalho diante do resto das pessoas, inclusive de superiores.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como reconhecer os sinais do assédio moral no trabalho, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Escrever comentário sobre Como reconhecer os sinais do assédio moral no trabalho

O que lhe pareceu o artigo?

Como reconhecer os sinais do assédio moral no trabalho
Como reconhecer os sinais do assédio moral no trabalho

Voltar ao topo da página