Partilhar

Como poupar para viver sozinho

Por Sara Viega. Atualizado: 1 outubro 2018
Como poupar para viver sozinho
Imagem: poupadaasolo.blogspot.pt

A independência do núcleo familiar e viver em uma casa própria é uma aspiração lógica de qualquer pessoa jovem, ainda que, em algumas ocasiões, a falta de rendimentos impeça a sua concretização. No entanto, em outras ocasiões, não é algo tão complicado se as despesas forem ajustadas e o dinheiro utilizado racionalmente. Continue lendo, se deseja saber como poupar para viver sozinho.

Também lhe pode interessar: Quais são os benefícios de poupar
Passos a seguir:
1

Em primeiro lugar, faça uma lista de todas as suas despesas em um mês normal. Se não tiver os recibos, tente fazer uma estimativa mais ajustada e realista possível. E se tiver que arredondar, tente fazê-lo para mais e não para menos. Se puder, atribua um valor limite para cada despesa e tente não gastar todos os meses mais do que foi reservado em cada um. Se não puder realizar uma despesa nesse mês e não se tratar de algo urgente, aguarde pelo próximo.

2

Ordene as despesas que o fazem gastar mais no mês ou acredita que possa fazê-lo. Selecione as que são absolutamente imprescindíveis e decida se o seu salário lhe permite viver com independência. Por exemplo, se as despesas de hipoteca ou aluguel são excessivas, você pode compartilhar a casa, e assim compartilhar também outras despesas fixas, como luz, água, condomínio, Internet, entre outras.

3

Quanto costuma gastar por mês com alimentação? Talvez possa poupar mais do que acredita, se mudar as marcas de alguns produtos. Em substituição a alimentos congelados, mais fáceis de preparar, porém, mais caros e muitas vezes menos saudáveis, você pode optar por uma dieta mais tradicional, com uma maior variedade de verduras e menos carne. Um dia da semana, por exemplo, pode ser reservado para preparar vários pratos, como ensopados, molhos e guisados que podem ser armazenados no congelador e racionados durante muito tempo, sendo aquecidos depois no micro-ondas.

4

A fatura da luz cada vez sobe mais, portanto, as despesas devem ser muito bem controladas. Se o chuveiro é elétrico, tome banhos mais curtos; apague a luz cada vez que sair do local; desligue a TV se não estiver prestando atenção; desligue o roteador quando sair de casa se não estiver usando a Internet; use lâmpadas incandescentes de baixo consumo; desligue o carregador do telefone ou tablet quando terminar de carregar... São pequenos gestos que não custa incorporar à rotina diária e que permitem uma boa economia.

5

Racionalize o seu lazer. Às vezes, sair no fim de semana acaba custando os olhos da cara, e não nos damos conta até fazer as contas no dia seguinte. Alterne as saídas para locais de lazer e eventos na rua com reuniões com amigos em casa. Você pode ver um filme, organizar um jantar, jogar videogames ou jogos de mesa, e muito mais.

6

Selecione bem o seu meio de transporte. Você realmente precisa de um carro? Manter um veículo particular implica muitas despesas, além da gasolina: impostos, reparações, seguro, reposições de peças, etc. Se vive em uma cidade com uma boa rede de transporte público, terá um acesso fácil a qualquer lugar de ônibus, trem ou metrô, ou se puder, a pé ou de bicicleta (bem mais econômico e melhor para a sua saúde). Caso utilize o transporte público, informe-se bem sobre os diferentes passes e descontos que podem beneficiá-lo.

7

Revise suas tarifas de telefone. Contratou realmente a telefonia mais barata? Utiliza tanto o celular para pagar essa fatura todos os meses? Avalie se vale a pena mudar de telefonia ou de tarifa, em função de suas necessidades.

8

Controle as compras compulsivas. Se realmente não tinha pensado em comprar algo e não precisa, pare antes de abrir a carteira. Um produto com um ótimo desconto em um mostruário pode ser muito atraente, mas se não o comprar, na realidade, estará obtendo um desconto de 100%.

9

Faça as contas de todas as mensalidades que paga. Precisa manter um cartão de crédito com uma mensalidade alta? Se o seu banco cobra mais comissões do que gostaria, veja outras opções financeiras. Se te cobram para realizar transferências de dinheiro pela Internet, você pode fazer pessoalmente no próprio banco para poupar esse dinheiro.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como poupar para viver sozinho, recomendamos que entre na nossa categoria de Finanças Pessoais.

Escrever comentário sobre Como poupar para viver sozinho

O que lhe pareceu o artigo?

Como poupar para viver sozinho
Imagem: poupadaasolo.blogspot.pt
Como poupar para viver sozinho

Voltar ao topo da página