Partilhar

Como pedir demissão do trabalho

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 1 setembro 2017
Como pedir demissão do trabalho

Pedir demissão nem sempre é uma atitude fácil, já que existe o receio de causar desconforto com o seu chefe, ainda mais se você deseja pedir um acordo. No entanto, é possível saber como pedir demissão do trabalho de forma tranquila, sem causar danos às relações que você construiu no seu emprego, o que, aliás, é muito importante. Para tanto, confira as dicas que o umComo.com.br tem para dar a respeito do tema.

Também lhe pode interessar: Como escrever uma carta de demissão
Passos a seguir:
1

Pedir demissão do trabalho de forma adequada não é apenas importante para evitar conflitos, como também para manter a sua boa reputação. Caso contrário, a sua contratação em outra empresa pode ser prejudicada pelos comentários negativos. Além disso, em algum momento da sua jornada profissional pode ser necessário se comunicar com membros da equipe da qual você está se desvinculando. Dessa forma, a primeira dica na hora de demitir-se é ter certeza de que é isso o que você quer.

2

É comum que no ambiente de trabalho ocorram situações desagradáveis que instigam as pessoas a se demitirem na mesma hora. Porém, nenhuma decisão deve ser tomada de cabeça quente. Espere a raiva passar e depois avalie se é realmente uma boa ideia pedir demissão. Outra dica é que quando a decisão for realmente tomada a primeira pessoa a ter conhecimento dela seja o seu chefe direto. Se ele ficar sabendo por terceiros, a sua saída vai começar de modo desfavorecido. Para além de falar com o seu chefe, você tem que escrever uma carta de demissão, entre no nosso artigo para ver como o pode fazer.

3

Desse modo, a melhor atitude é conversar com o chefe sobre a sua decisão, antes de oficializar a sua demissão. Para tanto, procure falar com ele em um momento propício, não quando ele estiver na correria ou depois de uma reunião que o deixou irritado. Se tiver que marcar uma hora para falar com ele, faça isso, o importante é que você possa encontrá-lo sem pressa. Embora o mais indicado pelos especialistas seja o de ser sincero com o seu chefe a respeito dos seus motivos, é melhor abordá-los de maneira serena.

4

Ou seja, você pode ter uma série de motivos para querer sair do seu emprego, mas você decidiu isso porque apareceu uma oportunidade melhor, com um salário mais alto e até mesmo um cargo mais interessante, então fale sobre isso. Não é preciso dissertar sobre as outras razões, mesmo que tenham sido parcialmente responsáveis. No caso de você estar insatisfeita com alguma coisa, o melhor é conversar com o seu superior antes de pensar em se demitir.

Como pedir demissão do trabalho - Passo 4
5

De qualquer forma, é possível que o seu chefe faça uma contraproposta e, por isso, o indicado é que você esteja aberta a ela e não a rejeite sem nem mesmo ouvi-la. Você pode se surpreender e até mesmo mudar de ideias, mesmo assim, não responda na hora, no calor do momento. Avalie durante o dia e dê a sua resposta no dia seguinte. Outra dica é evitar um pedido de demissão em momentos críticos para a empresa, como bem no meio de um projeto em que você tem participação primordial.

6

Nesse sentido, se possível faça os 30 dias quando o seu chefe solicitar, a não ser que você tenha sido convocada para iniciar no novo emprego o quanto antes. É fundamental criar uma estratégia para que ninguém saia prejudicado, nem mesmo a sua reputação, assim, negocie prazos. Esteja disponível ainda para treinar a pessoa que ficará no seu lugar, se for preciso, bem como para terminar tarefas que tenha iniciado. É essencial que tudo isso seja combinado com o seu chefe, assim, o departamento de Recursos Humanos vai receber as informações corretas.

Veja também: Como dizer ao chefe que vai sair da empresa

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como pedir demissão do trabalho, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalho.

Escrever comentário sobre Como pedir demissão do trabalho

O que lhe pareceu o artigo?

Como pedir demissão do trabalho
1 de 2
Como pedir demissão do trabalho

Voltar ao topo da página