Partilhar

Como guardar dinheiro

Por Samanta Fluture. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como guardar dinheiro

Com o passar dos anos, é muito fácil perder o controle do quanto se gasta diariamente. As contas e finanças da casa acabam sendo deixadas de lado com a correria do dia a dia, e só são relembradas quando há a necessidade de poupar dinheiro.

Neste artigo, o Umcomo.com.br separou algumas dicas de como guardar dinheiro, para perceba a importância de ficar de olho em suas contas e gastos, bem como conseguir economizar para dar grandes passos na vida, como viajar, comprar um carro ou uma casa e até se aposentar tranquilamente.

 

Também lhe pode interessar: Como enviar dinheiro para outra pessoa

Registre todos os seus gastos diariamente

O primeiro e mais comum passo para você conseguir economizar é justamente saber como você está gastando seu dinheiro. Pode parecer óbvio, porém, ao longo dos meses, nos esquecemos dos gastos ou ficamos com preguiça de juntas tudo o que anotamos. Por isso, nossa dica é que você crie o hábito de anotar cada gasto no momento em que ele aconteceu. Ou, se não for possível, reservar um momento do dia para fazer apenas isso. Você pode usar um bloco de notas, uma planilha no computador, seu celular ou até aplicativos móveis para finanças pessoais. O mais importante é você aprender a gerenciar suas finanças pessoais.

É importante conhecer seus hábitos e gastos para que você não comete o erro de cortar algo que, no fim, pode não fazer diferença. Assim, se você perceber, por exemplo, que em vez de pagar por um café diversas vezes ao longo do dia, você pode fazer no escritório, ou diminuir a cafeína e tomar mais água, você irá economizar alguns reais por dia que, no resultado do mês, podem chegar a um valor alto.

Nossa dica é que, antes de abrir mão de coisas que você goste ou sente necessidade, busque entender como se dão suas finanças pessoais no dia a dia e como você pode mudar alguns hábitos afim de juntar um pouco por dia, nas coisas mais pequenas e insignificantes.

 

Como guardar dinheiro - Registre todos os seus gastos diariamente

Crie hábitos financeiros

Às vezes, nossos vícios podem vir antes do que a necessidade de guardar dinheiro. Dessa forma, abrimos mão de alguns custos para nos satisfazermos. Porém, se você começar a tornar seus objetivos financeiros também obrigatórios, você fará deles um vício bom. Por exemplo, exija de você colocar no poupança todo o dinheiro que sobrar no final do mês. Ou busque por fundos de investimento e transfira uma porcentagem do seu dinheiro todo mês para lá de forma automática. Dessa forma, você dificultará seu acesso ao dinheiro e gastará menos. Outro exemplo é se permitir usar apenas dinheiro ou cartão de débito para pagar os gastos diários e menores.

Assim, você não perde o controle do crédito e não cai em dívidas. Ou seja, a dica é tornar a necessidade de poupar um hábito, até que seja algo automático para você. E, quando menos perceber, terá mais dinheiro em sua conta, justamente porque soube o que fazer com ele, administrando-o melhor.

Pague suas dívidas

Se você estiver guardando dinheiro para pagar sua dívidas, é muito importante que esta se torne sua prioridade. É fácil perdermos o foco quando vemos que juntamos dinheiro suficiente para fazer uma compra dos sonhos. Mas você deverá ter foco e determinação para, antes de qualquer coisa, pagar suas dívidas.

Depois de passar a registrar suas finanças e criar bons hábitos financeiros, nossa dica é buscar ajuda profissional. Por exemplo, se você estiver devendo ao banco, converse com o responsável para saber quais são suas opções e tente negociar uma forma de pagamento que caiba dentro do seu bolso e despesas.

A negociação com o banco é algo comum, porém muitas pessoas tem medo, desconhecimento ou preguiça de torná-la uma vantagem a seu favor. Por isso, não espere juntar todo o dinheiro e só depois quitar as dívidas. Informe-se e garanta que haja formas de se livrar das dívidas o mais rápido possível.

Tenha um objetivo por vez

Como falamos acima, é preciso ter foco e determinação quando se tem em mente um objetivo ao juntar dinheiro. Se, no seu caso, não são dívidas e sem alguma compra dos sonhos ou objeto de desejo, é importante que você busque se informar. Isso porque, além dos gastos de compra, podem haver outras gastos que você pode não estar preparado. Bem como o custo de um carro e todos os gastos mensais de manutenção, gasolina, seguro e estacionamento que se seguem. Por isso, faça pesquisas e tenha alternativas aos seus planos e objetivos.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como guardar dinheiro, recomendamos que entre na nossa categoria de Finanças Pessoais.

Escrever comentário sobre Como guardar dinheiro

O que lhe pareceu o artigo?

Como guardar dinheiro
1 de 2
Como guardar dinheiro

Voltar ao topo da página