Como encontrar um bom inquilino para o meu imóvel

Como encontrar um bom inquilino para o meu imóvel

Se estiver pensando em alugar um imóvel de sua propriedade, é necessário saber algumas coisas bastante importantes para evitar dores de cabeça, perda de dinheiro ou danos ao seu imóvel. A seguir, oferecemos alguns conselhos para que consiga encontrar o inquilino perfeito, que pague, mantenha o imóvel em bom estado e se preocupe com o bem-estar de seus vizinhos.

Passos a seguir:
1

Investigue um pouco sobre o seu inquilino. O proprietário pode pedir referências do potencial inquilino, como se tratasse de uma oferta de trabalho. Também pode ser solicitada uma declaração que comprove a sua reputação como pagador, por exemplo, em outros imóveis de aluguel em que tenha morado, seu emprego ou se pertence a alguma associação. Saber mais sobre o inquilino também pode ajudá-lo a definir melhor o preço do aluguel.

2

Deve ser exigido do futuro inquilino estabilidade profissional. Atualmente, não é importante ter um contrato indefinido de trabalho, apenas que comprove alguma constância de trabalho.

3

Procure um perfil concreto de inquilino (casais com filhos, estudantes, pessoas sem animais, etc.), pois acreditamos que estes cuidarão melhor de sua residência. Devemos nos certificar de que o nosso imóvel é adequado para eles, ou se devemos buscar um outro público em virtude das características do imóvel.

4

Você deve solicitar um depósito. É seu direito e também é obrigatório nos termos da Lei do arrendamento habitacional (LAU), devendo ser equivalente a um mês de aluguel. Lembre-se que esta fiança deverá obrigatoriamente ser depositada no órgão competente da Comunidade Autônoma. Ajudará o proprietário a cobrir os prejuízos no imóvel causados pelo inquilino após a finalização do contrato, ou os pagamentos pendentes do inquilino.

5

Além da fiança, a lei permite que peçamos ao inquilino outras garantias adicionais que cubram um possível não pagamento do contrato. Neste caso, é possível que o inquilino solicite algum tipo de aval. O aval é importante para que tenhamos mais tranquilidade.

6

Contratar um seguro de aluguel pode ser boa ideia, já que, dependendo das condições em que se contrate, podem garantir a cobrança de até doze mensalidades não pagas, a reparação de qualquer deterioração do imóvel e até o pagamento das despesas de um advogado, se necessário.

7

Nunca aceite que a pessoa entre na casa ou apartamento sem ter assinado o contrato e pago a primeira mensalidade e o depósito de garantia. Se não receber o dinheiro agora, nunca o receberá. Solicite o auxílio de uma imobiliária. As imobiliárias têm uma carteira de clientes, experiência em aluguéis e investigam os clientes antes de fechar um contrato. Dessa forma, garantirá um bom inquilino por mais tempo.

8

Lembre-se que tem sempre a hipótese de despejar o seu inquilino do seu imóvel, caso não efetue os pagamentos devidamente.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como encontrar um bom inquilino para o meu imóvel, recomendamos que entre na nossa categoria de Finanças Pessoais.

Conselhos
  • Há muitos profissionais que se dedicam ao gerenciamento de aluguéis, fazendo com que você economize o seu dinheiro e muitas dores de cabeça.
  • Os gestores imobiliários têm um sétimo sentido para detectar os bons inquilinos. Confie neles.