Partilhar

Como criar uma Associação

Como criar uma Associação

Uma Associação pode ser qualquer grupo de pessoas com interesses em comum que se unam para construir algum projeto. Normalmente, são organizações sem fins lucrativos, ou seja, o dinheiro obtido para cumprir suas missões não deve ser retirado pelos associados, e sim mantido como recurso. Quando há a pretensão de lucro econômico, a opção apontada é a criação de uma sociedade. Por isso, criar uma Associação é uma solução quando se espera praticar uma atividade social.

Se você quer saber como criar uma Associação para poder trabalhar em seu nome e dentro da lei, acompanhe esse artigo com dicas passo a passo sobre a organização de Associações. Tais etapas podem sofrer adaptações conforme a sua necessidade.

Também lhe pode interessar: Como tirar o CNPJ de uma Associação
Passos a seguir:
1

Primeiramente, é preciso entender o que é, de fato, uma Associação e quais os motivos que determinam sua criação. É uma entidade de caráter social e normalmente tem origem com algumas pessoas que possuem um objetivo social em mente, inconformados com alguma situação local. As metas são de impactar a sociedade como um todo e também o grupo específico ligado ao tema que irão trabalhar. Alguns exemplos são: Associação que apoia crianças que sofreram abusos; Associação de crianças carentes que moravam na rua; Associação que visa ajudar doentes terminais.

2

Com a ideia em mente, uma das etapas mais difíceis é justamente começar. Isso porque é necessário, antes de tudo, reunir ao menos 10 integrantes para compor uma Associação. Este é o mínimo necessário. Caso o seu grupo não tenha tantos interessados, abaixo mostraremos algumas dicas de mobilização social.

3

O objetivo desta etapa é sensibilizar o maior número de pessoas possíveis com sua ideia de Associação. Use palestras e recursos da comunicação online (internet, site e redes sociais) e offline (panfletos, entrevistas para jornais e revistas) para expor os objetivos e a necessidade de haver essa entidade. Aproveite para fazer contatos e agregar novas ideias. Isso fará florescer ainda mais o processo. Uma dica é manter contato com fundadores de Associações já formadas e também com autoridades locais. Peça ajuda e escute as sugestões valiosas. Promova encontros e reuniões.

4

Com o grupo montado, o tema em mente e os objetivos acertados, recolha o maior número de informações sobre o tema (documentação necessária, direitos e deveres, atitudes dos sócios, legislação, recursos financeiros, etc). Essa pesquisa deve seguir de guia para o processo de criação e desenvolvimento da Associação.

5

Assembleia de Constituição: essa etapa já irá formalizar a organização e tornar o processo legalizado. A Assembleia é realizada no ato de constituição da associação e deve contar com a presença de todos o grupo. É quando deverão escolher o nome e a sede. Para que ela aconteça, é preciso publicar no em um jornal de grande circulação o edital de convocação (siga modelo e demais especificidades através do site do governo).

6

Após a Assembleia, o Estatuto Social fará sua parte, discutindo, definindo e aprovando a organização. Assim, serão eleitos os representantes da direção (cargos: Conselho Fiscal, Conselho de Administração e Diretoria). Em seguida, encaminhe os documentos para registro em cartório. Faça uma check list e veja se todos os documentos necessários estão em sua posse: ata da Fundação, duas vias do Estatuto, relação dos associados e dos membros da diretoria que foram eleitos e ofício encaminhado ao cartório.

7

Depois do registro, chegou a hora de se formalizar como pessoa jurídica. Junto à Receita Federal, faço o cadastro da Associação e providencia o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Isso permitirá que a Associação realize transações financeiras, faça contratos, tenha convênios e contrate empregados, tudo de forma legalizada.

8

Após ter tudo registrado e dentro da lei, sua Associação já existe! Chegou a fase de estruturação: abrir conta no banco, definir o local, comprar móveis e equipamentos, contratar funcionários, adquirir licenças e alvarás, entre outros. Ou seja, tudo o que a Associação precisa para funcionar deve ser considerado e realizado nesta etapa, assim como uma empresa.

9

Após a etapa anterior, de pré-operacional, se estiver tudo em ordem, a Associação deve dar início as suas atividades. É aqui que começam os desafios reais de gerir uma empresa. Além de toda a papelada, estrutura e organização, é preciso que haja uma gestão extremamente eficiente. Além disso, não se deve perder de vista os propósitos da instituição e os motivos que levaram o grupo a criá-la.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como criar uma Associação, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Escrever comentário sobre Como criar uma Associação

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
robero de paula ramos
como inciar uma associaçao de cabelereiros de cabelos etnicos(crespo) no grande ABC estado de SP.Para oferecer os profissionais da area mais qualificacao na paratica e teorica muitos profissional tem que se aprimorarem e adequa no avanço e tecnologia nos estudos em cosmetoloy.

Como criar uma Associação
Como criar uma Associação

Voltar ao topo da página