Como calcular o salário líquido

Como calcular o salário líquido

Quando lhe fazem uma oferta de trabalho, o mais normal é que lhe falem de um salário bruto anual. Siga este conselhos para calcular o salário líquido que receberá cada mês e evitar surpresas. Basicamente, para o conhecer deverá somar a retenção do INSS e do IRPF e depois subtraí-lo ao salário bruto.

A contribuição para o INSS é calculada com base no salário bruto, esta contribuição varia dependendo do seu salário, se ganhar mais desconta mais e vice-versa. A alíquota de contribuição varia entre 8% a 11%, conforme a tabela do INSS de 2013. Se ganhar acima do valor máximo da tabela do INSS paga um valor fixo de R$457,49. Por exemplo, se ganhar um salário bruto de R$2.530,00, a alíquota de INSS será de 11%, consultando a tabela. Assim:

2530 x 0,11 = 278, 30 (valor do INSS)

O valor retido para o IRPF é calculado com base no salário bruto menos a contribuição para o INSS. A alíquota retida na fonte varia até 27,5 %, dependendo do valor base de cálculo. O IRPF não tem um limite, ou seja, quanto mais ganhar mais terá de pagar. Continuando com o exemplo acima:

Base de cálculo = 2530 (salário bruto) - 278,30 (INSS) = 2251,70

Consultando a tabela, a alíquota de IR para este caso é de 7,5% e o valor a deduzir é R$122,18, então:

Valor do IR: 2251,70 x 0,075 = 168,87

Deduzindo: 168,87 - 122,78 = 46,09

Assim, o seu salário líquido será de 2530 (salário bruto) - 278,30 (INSS) - 46,09 (valor a deduzir de IR)= R$2.205,61.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como calcular o salário líquido, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Conselhos
  • O enfoque aqui foram apenas os descontos oficiais, o IR e o INSS. Para além destes, o trabalhador pode descontar outras contribuições como o vale transporte ou a contribuição sindical.