Partilhar

Como calcular juros simples

Como calcular juros simples

De maneira bem sintética, pode-se dizer que o juro é “o preço do dinheiro”. A concepção de juro remonta antigas civilizações, onde a relação entre tempo e recursos já recebiam tratamento especial. Os registros mais antigos de uma transação com juros datam de 3.000 a.C., aproximadamente, com as primitivas relações de crédito da civilização suméria.

Atualmente, consiste no percentual aplicado sobre um valor, emprestado por uma parte (credor) à outra (tomador). Nesse aspecto, os juros remuneram o credor pelo período em que seus recursos serão utilizados pelo tomador. A taxa de juros contempla também o risco de inadimplência da parte tomadora. Seu cálculo é efetuado de duas formas distintas: juros simples ou compostos.

Nos próximos parágrafos, o umComo.com.br apresenta ao leitor as fórmulas para cálculo de juros simples.

Também lhe pode interessar: Como calcular o IRRF

Fórmula e Variáveis

A fórmula para juros simples pode variar sua apresentação ou resolução, de acordo com as variáveis que a compõem, as quais serão representadas conforme a legenda abaixo:

J – Juros

C – Capital

i – taxa de juros

n – período de tempo

J = C.i.n

Exemplo Prático

Exemplo Prático

Para ilustrar a aplicação da fórmula, será considerado o exemplo a seguir:

“Fulano de Tal tomou emprestado R$ 10.000,00 no Banco Easy Money, por um prazo de seis meses, a uma taxa de juros de 3.5% ao mês. Quanto de juros Fulano de Tal terá de pagar?”

J = ?

J = C.i.n

C = 10.000

J = 10.000x0.035x6

n = 6

J = 350x6

i = 3.5% = 0.035

J = 2.100

 

No caso acima, o personagem fictício pagou R$ 2.100,00 de juros por um empréstimo de dez mil reais. No total, o valor pago foi de R$ R$ 12.100,00 (R$ 10.000,00 de capital + R$ 2.100,00 de juros). Para esse valor total, é dado o nome de Montante.

Também podem ocorrer casos em que a variável desconhecida seja outra (capital, taxa ou tempo). Para esses casos, será necessária uma adequação na fórmula, como demonstrado nos tópicos a seguir, utilizando como base os dados do exemplo citado acima.

Como calcular juros simples - Exemplo Prático

Fórmula para Capital (C = ?)

J = 2.100

 

C = ?

C = __J__

n = 6

i.n

i = 3.5% = 0.035

Fórmula para Taxa (i = ?)

J = 2.100

 

C = 10.000

i = __J__

n = 6

C.n

i = ?

 

Obs.: Nesse caso em específico, o leitor poderá perceber que o resultado obtido será um número decimal (0,035). Para calcular a porcentagem do número decimal, basta multiplicar o resultado obtido por 100 (0,035x100=3.5%).

Como calcular juros simples - Fórmula para Taxa (i = ?)

Fórmula para Tempo (n = ?)

J = 2.100

 

C = 10.000

n = __J__

n = ?

C.i

i = 3.5% = 0.035

Ajuste das Variáveis

Vale lembrar que as variáveis “n” e “i” devem ser adequadas para a mesma unidade de tempo. Se a taxa for “ao mês (a.m.)”, logo o tempo deve ser contado em meses. Caso haja divergência, será necessário ajustar uma das variáveis. Caso contrário, o resultado obtido estará incorreto.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como calcular juros simples, recomendamos que entre na nossa categoria de Economia e Negócios.

Escrever comentário sobre Como calcular juros simples

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Forte
Como faço pra respoder essa questão; o cliente de um banco tomou um emprestimo $ 12.000,00, pagando uma taxa de juros simples de 2% ao mes. Sabendo que ele pagou $ 960,00 de juros para quitar a divida, determine o prazo desta operação.

Como calcular juros simples
1 de 3
Como calcular juros simples

Voltar ao topo da página